12.3.09

lembro-me de quando era cru, uma árvore de natal sem natal...e sinceramente, não sei o que prefiro.

e todos os caminhos parecem perigosos,
quando não há ligações lá ao longe,
compromissos de crescimento.

é engraçado, como se crescesse na mesma direcção, mas alternadamente em sentidos opostos.

alguma necessidade de equilíbrio.

por isso, de vez em quando mudo de ortónimo.

por isso, de vez em quando brinco às sinapses.

1 comentário:

Daniel Silva disse...

"e todos os caminhos parecem perigosos,quando não há ligações lá ao longe,compromissos de crescimento.(...) como se crescesse na mesma direcção, mas alternadamente em sentidos opostos".

Entendo muito bem.

Better days are ahead. Há dias de chuva e dias de sol. E dias intermitentes. Nao importa questionar porque está lá o sol. Basta frui-lo.

aquele abraço ;)